quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Quarta-feira é dia de cinema

Depois da tentativa frustrada de assistir Harry Potter 7 - Parte 1 no domingo hoje tentamos novamente. O Isac já leu todos os livros, e já assistimos todos os filmes, esse, que parece ser o melhor pelo que ando ouvindo, não teria como esperar até dezembro para ver.

Traçamos toda estratégia de horários e locais. O cinema escolhido foi o do Centro Comercial Hacienda Santa Bárbara, que fica 54 ruas a frente da nossa. O horário da sessão 19h. Como final de tarde o trânsito é uma loucura, planejamos sair de casa perto das 17h. Caso não tivesse mais ingresso tentaríamos o cinema do Centro Comercial Unicentro, um pouquinho mais para frente.

Chegamos ao Sta Bárbara antes das 18h, fomos direto procurar o cinema para comprar os ingressos. Para nossa surpresa ainda restavam muitos bilhetes, melhor assim, era a garantia de assistir o filme.

Descobrimos uma promoção dos cinemas nas quartas-feiras, levando uma tampinha do refrigerante Quatro, da Coca-Cola, pagamos meia-entrada. Ainda bem que a promoção não é com o Postobon Manzana, senão pagava entrada inteira mesmo... Assim temos ido toda semana ao cinema, que custa em média R$ 13,00 a sessão e com a promoção pagamos esse valor para os dois.

Comemos um lanche, caminhamos pelo shopping, que é um tanto quanto estranho na distribuição das lojas, dá para se perder fácil... parece ser um dos primeiros da cidade. Ele tem uma parte mais antiga, com áreas abertas, e uma parte mais nova, como um shopping normal.

Entramos na sala, a melhor que já fomos até agora, uma tela bem grande e áudio muito bom. A capacidade da sala é para 168 pessoas, não tinham mais do que 25, contando com a gente. Entre essas duas dúzias e meia, cinco não pararam de falar durante todo o filme, e estavam ao nosso redor.

Entrada da sala principal do cine

Uma das duplas de tagaleras pareciam ser mãe e filha. A filha sabia tudo, já a mãe... parecia aquela pessoa que nunca assistiu um capítulo da novela e senta para assistir o último, aí fica perguntando quem é todo mundo. Essas falaram mais nos primeiros minutos do filme, os outros três que não calaram a boca eram adolescentes, esses sim eram chatos...

Aí tendo que redobrar a atenção, já que as legendas eram em espanhol, uma hora deu vontade de dar um tapa na cabeça de uma das gurias para ver se ela se tocava... mas aí lembrei que eu também falo muito durante o filme quando estou com meus amigos e resolvi relevar.

O filme é ótimo, não li o último livro, mas pelo que estão dizendo, é o mais fiel. Adorei!! Agora fica aquela vontade de assistir logo a segunda parte e encerrar assim a saga do bruxo mais famoso de todos os tempos, pelo menos para a geração anos 2000.

Um comentário:

Marina disse...

nao creio que voces ai na colombia ja assistiram e eu nao =p