sábado, 18 de junho de 2011

Bogotá circulando em Floripa

Esse post começará pelo passado, lá pelo ano 1988. Eu tinha 5 anos, sempre convivi com muitos livros, meus pais sempre gostaram de ler. Com essa idade tive minha primeira assinatura de uma publicação. Era a coleção dos gibis da Turma da Mônica. Meu pai assinou os quadrinhos do Mauricio de Sousa para mim e da Disney para ele (nunca gostei dos gibis dele... mas adorava os meus), ambos da Abril.


Minha mãe lia para mim as histórias e, segundo o que ela conta, eu queria interpretação e voz diferente para cada personagem. Com essa exigência veio a vontade de aprender a ler para eu mesma dar a entonação que achava mais adequada (claro que não lembro disso, são as memórias da mãe). E não levou muito tempo para isso se concretizar. Antes mesmo de ir para a escola já estava lendo, sendo alfabetizada em casa, tudo pela vontade de ler os quadrinhos.

Os gibis foram minha companhia por muitos anos. Até hoje, quando encontro um ainda leio. Tenho inclusive um em español, publicação recente. Depois, já na adolescência, minha paixão era pelas revistas. Capricho, Toda Teen, e outras que não lembro o nome. Gostava de tudo, lia todas matérias e os testes eu adorava (até hoje faço testes de todos os tipos)!

Essa, de dezembro de 1997, lembro de ter comprado

Quado comecei a trabalhar passei de compradora de banca à assinante. Já assinei Capricho, Cláudia e Nova, essas no começo da década. Depois enjoei das publicações sempre iguais e parti para TPM (a melhor que já assinei, acabei de abrir o site deles pra ver se rola assinatura fora do país) depois, já na faculdade assinei a piaui, essa para quem gosta de ler. É diferentona, maior que o normal, com papel mais grosso, pouquíssimas ilustrações, pesada de tanto texto, ótima!

Isso tudo para dizer que sempre li revistas, que adoro revista, que sonho em trabalhar para uma revista. Pensava em fazer o Curso Abril de Jornalismo, era um sonho de estudante... agora já passou a época. Enfim, escrever para revista era algo quase distante, até que vim para Bogotá. Antes de sair de Floripa conversei com os amigos, dizendo que iria me mudar e um desses amigos, o Fernando (com quem trabalhei no DC e me ensinou muito do que eu sei em diagramação), disse que estava iniciando o projeto de uma revista, a Strass, de circulação na grande Florianópolis, uma publicação com dicas de moda, beleza, comportamento e com uma sessão de viagens. Ele disse que mais para frente conversaríamos sobre uma matéria minha na revista. Fiquei bastante animada, seria uma excelente oportunidade de ver um texto meu circulando pela cidade.

Em dezembro, quando fui passar aquelas férias (...) no Brasil ele me ligou e perguntou se eu topava escrever sobre Bogotá. Fiquei muito empolgada. Seria uma matéria de um bom tamanho, com fotos minhas, meu primeiro freela. Logicamente aceitei o trabalho. Escrevi, mandei o material e fiquei aguardando ansiosa para ver impressa.

Em função de assuntos da editora a revista levou alguns meses para sair, eu achei que traria comigo um exemplar, mas ela foi para rua só no final de maio, quando eu já estava aqui novamente. Quando saiu recebi mensagens de várias pessoas dizendo que tinham lido a matéria e visto que era minha, fiquei bastante feliz.

O Fernando mandou por email o arquivo das páginas, quando abri o documento fiquei realmente emocionada. Achei o visual lindo (como tudo que o Fernando faz), o texto teve duas ou três pequenas mudanças, o que me deixou ainda mais satisfeita, enfim, minha primeira matéria em revista, para encher minha mãe de orgulho.


Quem tiver a oportunidade de ver a Strass em Floripa (ela é distribuída em boutiques, salões de beleza e algumas bancas) conta para mim onde achou, e aproveita para dizer se gostou. Para ler é só baixar a imagem aí em cima, não precisa sair desesperado em buscar de um exemplar... Desfrutem a leitura e saibam mais sobre a capital colombiana.

3 comentários:

margareth disse...

Eu sempre soube que vc se destacaria com alguma coisa ligada a comunicação,embora eu quizice que vc escolhece psicologia,enfim,a vida nos leva para onde ela que,e sabe onde seremos feliz e serealizados.E me alegro em saberque vc é feliz na sua escolha.parabens e muito sucesso,sou sua fã numero um.Te amo.
Bjs.

Mike disse...

Parabénssss Ana a materia ficou muito legal !!! sucessoooo pra vcs viu !!!

Leandra disse...

Já falei no face e falo aqui: Showww de matéria! Muita coisa boa virá pela frente, com esse seu espírito desbravador e corajoso! Bj